Organograma

erszfhxbcrtjsz

HANALÁ

Como um movimento democrático, o órgão máximo da Chazit São Paulo é a Hanalá, da qual todos os peilim participam e onde todas as decisões são tomadas por maioria de votos. Na hanalá todos tem o mesmo direito de voto, independente da idade e kvutzá.

HANAGÁ

A seguir está a Hanagá, formada pelo Mazkir, Rosh Chinuch, Rosh Vaadot, Guizbar e Rosh Mokdim, alinhados horizontalmente e responsáveis pela ligação entre os marcos Hanalá, Mazkirut, Chinuch e Mokdim e também pelo contato entre Chazit local e a Chazit continental. Abaixo apresentamos de forma um pouco mais detalhada os tafkidim (cargos) de cada membro da hanagá:

  • Mazkir:  Responsável pelo contato da Chazit com outras instituições judaicas tais como a Federação Israelita Paulista, o Conselho Juvenil Judaico Sionista, a CONIB, a própria CIP entre outras.

  • Rosh Chinuch: Responsável pelo acompanhamento do trabalho dos madrichim bem como do processo educativo dos chanichim e do processo dos Bonim Beit (kvutzá pré-shnat), contato direto com os pais e com o Departamento de Juventude da CIP  e pela centralização do fórum educativo da tnuá.

  • Guizbar: Responsável pela situação financeira da Chazit. Isso envolve orçamentos internos locais e continentais (como machanot, peilada e eventos), pedido de materiais, questões relacionadas a manutenção e auxílio com bolsas para chanichim e peilim.

  • Rosh Vaadot: Responsável pela centralização de nossas comissões, que garantem o funcionamento interno da tnuá e responsável por centralizar o fórum chamado Mazkirut.

  • Rosh Mokdim: Responsável pelo nosso ativismo e militância e centralizador do fórum chamado Mokdim.

FÓRUNS

Da Mazkirut participam o Rosh Vaadot (responsável e centralizador do fórum), o Mazkir, o Guizbar (representante da vaadat Guizbarut) e todos os Roshei Vaadot cada um representando uma vaadá (comissão de trabalho).

Da Chinuch tomam parte o Rosh Chinuch (responsável e centralizador do fórum), o Mazkir e os merakzim (centralizadores) dos chuguim, um para cada kvutzá.

Dos Mokdim participam o Rosh Mokdim (seu responsável e organizador), o Mazkir e outros peilim (ativistas) da tnuá que tem interesse na militância e ativismo da Chazit.

Vale ressaltar que tanto a Mazkirut quanto a Chinuch e os Mokdim encontram-se lado a lado na estrutura e, apesar de terem membros obrigatórios, são fóruns abertos a todos peilim que desejarem participar.

 

KVUTZOT E VAADOT

Por fim as kvutzot (grupos etários de chanichim) e as vaadot (comissões) estão em outro nível pois recebem conteúdo dos chuguim e da mazkirut respectivamente.

As Kvutzót em São Paulo são: Shovavim – Sapecas (2º ano do E.F., 7 anos), Solelim – Asfaltadores (3º ano do E.F, 8 anos), Omanim – Artesãos (4º ano do E.F., 9 anos), Guiborim – Heróis (5º ano do E.F., 10 anos), Kovshim – Conquistadores (6º ano do E.F., 11 anos), Nitzanim – Brotos (7º ano do E.F, 12 anos), Neurim – Jovens (8º ano do E.F, 13 anos), Mordim – Revolucionários (9º ano do E.F, 14 anos), Ofakim – Horizontes (1º ano do E.M., 15 anos) e Amelim – Trabalhadores (2º ano E.M., 16 anos) e as kvutzot dos peilim: Bonim Alef e  Bet – Construtores, Kvutzá Shnat e Bogrim – Formados.

Já nossas vaadot são: Tarbut (Cultura), Chutz (Relacionamento Externo), Chibur (conexão)Reshet (Rede), Ietsirá (Criação), Machol (Dança),  Guizbarut (Tesouraria), e Horim (Pais).